O Tempo

"O tempo! O passado! Aí algo, uma voz, um canto, um perfume ocasional levanta em minha alma o pano de boca das minhas recordações... Aquilo que fui e nunca mais serei! Aquilo que tive, e não tornarei a ter! Os mortos! Os mortos que me amaram na minha infância. Quando os evoco toda a alma me esfria e eu sinto-me desterrado de corações, sozinho na noite de mim próprio, chorando como um mendigo o silêncio fechado de todas as portas."
........................................................................................................................ Fernando Pessoa

julho 06, 2014

O que somos nós?

"Somos o acúmulo de coisas que fomos vivendo, escolhas que fomos fazendo, valores que fomos mantendo, pessoas que fomos conhecendo, detalhes que fomos aprendendo. Somos o ontem melhorado, o hoje em transformação e o amanhã que ainda não ...conhecemos. Somos os sonhos que carregamos, o AMOR que distribuímos, a generosidade que semeamos, as causas que defendemos, os fragmentos de coisas que fomos compreendendo. Somos o medo já vivido, as barreiras já enfrentadas, o orgulho esquecido, o perdão dado, as mãos que estendemos e também as que agarramos. Somos a aceitação do hoje, a interrogação do amanhã e o questionamento do agora. (...) Nada mais somos que a descoberta de nossa pequenez, a aceitação de nossas falhas, a coragem de seguir em frente, a tentativa no hoje, a humildade em reconhecer que toda e qualquer pessoa sempre pode nos ensinar algo...e a mágica sensação de que a cada momento podemos ser Maiores não como profissionais, como académicos, muito menos financeiramente, mas sim como SERES HUMANOS! E SERES HUMANOS são todos que se permitem cair, levantar, ter medo, pedir perdão, rever valores, enfrentar barreiras, derramar lágrimas, espalhar sorrisos, assumir responsabilidades, aguentar consequências não como um herói e sim como um ETERNO APRENDIZ!" 


Andresa Martins Vicentini




Sem comentários: